Notícia Cufa 




13/06/2019 - Esporte

Campeãs e vices da Taça das Favelas São Paulo são recebidas pelo governador João Dória

Atletas e comissões técnicas participaram de um café da manhã no Palácio dos Bandeirantes

por Natalia Beatriz*

 

Os atletas e comissões técnicas das campeãs da Taça das Favelas São Paulo 2019 foram recebidos pelo governador do estado, João Doria, na manhã desta quarta-feira, dia 12 de junho, no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista. A cerimônia foi organizada pelo Fundo Social de Solidariedade de São Paulo.

 

Além dos jogadores do Parque Santo Antônio, campeão, Favela do 1010, vice-campeã, e das jogadoras do Complexo de Casa Verde, campeão, e de Paraisópolis, vice-campeã, estavam presentes, o fundador da Central Única das Favelas (CUFA) e idealizador da Taça das Favelas, Celso Athayde, a embaixadora da Taça das Favelas e ex-jogadora de basquete, Marta, e representantes das parceiras do torneio organizado pela Central Única das Favelas (CUFA) e produzido pela InFavela como, Uber, Picpay, Friboi, Assaí Atacadista, Euro Sports e TV Globo.

 

Os meninos e meninas, receberam das mãos de Dória o troféu que simboliza o título conquistado por eles, e medalhas de condecoração. Rubens, capitão do Parque Santo Antônio, disse que jamais imaginaria ter chegado à final do maior campeonato de futebol entre favelas do mundo, e muito menos de ser recebido pelo governador.

 

“É um sonho que foi realizado por termos jogado no Pacaembu, de termos sido campeões e hoje estarmos aqui recebendo essa homenagem”, disse o jovem.

 

O governador de São Paulo iniciou sua fala agradecendo Celso Athayde, por ter levado esse evento do futebol para o estado, pois acredita que esse é um dos caminhos para se resgatar os jovens do mundo da criminalidade.

 

“Quero agradecer ao Celso por ter se empenhado em trazer a Taça das Favelas para o nosso estado, e por sempre acreditar que é possível mudar histórias por meio do futebol”, disse João Dória.

 

Ao final de sua fala, chamou Celso para bater uma bolinha no palco, e arriscou umas embaixadinhas e trocas de passes de cabeça. Encerrou jogando a bola para a plateia. Cada jogador recebeu uma de presente.

 

A Taça das Favelas São Paulo teve como embaixadores o capitão do pentacampeonato mundial de futebol, Cafu, a ex-jogadora de basquete medalhista olímpica, Marta, e o rapper paulista, Dexter, e contou com patrocínio de PicPay, Friboi, Assaí Atacadista e Uber, apoio de Box Mineiro, Vai Voando, Euro Sports, Globo, Sportv, Comunidade Door, Prefeitura de São Paulo e Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, Mycujoo e Placar Esportivo, e cooperação da UNESCO.



*Voluntária sob supervisão da assessoria de comunicação da CUFA.







CUFA 2019 - Central Única das Favelas. Todos os direitos reservados.
Para entrar em contato conosco: midia@cufa.org.br