A Central Única das Favelas (CUFA), em Porto Alegre, no ano de 2019 atendeu mais de 2 mil jovens, foram mais de 700 colocados no mercado de trabalho, através de nossos cursos profissionalizantes, mas esses números hoje não foram capazes de anestesiar a dor.

Thauan Fagundes, jovem que atendemos desde os quatro anos de idade, que era apaixonado por comunicação, ele tinha um olhar perspicaz para o sentindo das pessoas que fotografava. Na noite do último domingo, 29 de dezembro, sentado na frente de sua casa, ele foi executado por dois homens em uma moto que passaram fazendo disparos.

Thauan era um jovem talentoso que não estava vinculado com nenhuma atividade ilícita, mas morava em uma área de conflito e hoje a principal linha de investigação diz que ele foi um efeito colateral dessa guerra cotidiana.

A CUFA é feita de lágrimas, a maior parte delas são de alegria por conseguir revelar talentos, mas algumas são frutos das dores de perdas como essa. À família de nosso jovem talentoso nosso respeito e afeto.