• Esporte
  • Divinéia é a campeã da Taça das Favelas Free Fire

A equipe de Divinéia, da favela do Paraná, foi a grande campeã da Taça das Favelas Free Fire, campeonato organizado pela Central Única das Favelas (CUFA) e pela Garena, com o apoio da Globo. 

Após seis quedas acirradas, além do prêmio de R$ 15 mil, a Divinéia leva também o título de melhor equipe da 1ª edição da Taça das Favelas Free Fire. O 2º e 3º lugares ficaram com Jardim São Paulo, de Pernambuco, e Juacity, do Ceará, que embolsaram R$ 10 mil e R$ 5 mil, respectivamente. 

O jogador Gusta, da Divinéia, foi o grande destaque da final, com 16 eliminações.

“O coração ainda não acredita. Os meninos são incríveis e humildade em pessoa! Saber que fomos os primeiros a vencermos uma competição tão grande não tem preço”, festejou Janaína Rosa, uma das lideranças da CUFA no estado do Paraná. 

“A emoção é bem grande, porque a gente vem treinando muito para essa final. Então ser campeão é gratificante demais! Conseguimos realizar nosso sonho de ganhar um campeonato com apoio e organização da Garena”, exclamou Gusta, melhor jogador da final.

 

Além de ter transmissão pelo SporTV3, YouTube e na BOOYAH!, plataforma de streaming da Garena, a Taça das Favelas Free Fire foi um grande sucesso de engajamento nas redes sociais. No período da final, a competição foi um dos assuntos mais comentados do Twitter e esteve nos Trending Topics no Brasil.

 

“Acabamos de fazer um Booyah pra toda vida! Essa grande final mostrou a força da favela e o quanto ela está conectada! Parabéns à Favela de Divinéia e todos os irmãos da CUFA Paraná! Vocês fizeram história junto com a gente. Estou muito ansioso para ver os craques de todos os times no cenário profissional!”, comemorou Marcus Vinicius Athayde, diretor de inovações da CUFA e diretor geral do projeto.

 

“A CUFA é isso aí, sempre inovando e mostrando ao mundo o que a favela tem de melhor. Neste sábado, todos ficaram cientes que a favela é território de potência também nos eSports e no ramo da tecnologia, os números finais dizem isso. Estou muito orgulhoso de mais essa vitória da favela”, disse Celso Athayde, fundador da CUFA.

 

 

Sobre a Garena 

A Garena é a principal desenvolvedora e distribuidora de jogos no sudeste da Ásia, Taiwan e América Latina, e se expandiu para outros mercados de rápido crescimento em todo o mundo. Um de seus jogos de maior sucesso, em que foi produtora e desenvolvedora, é Free Fire, game mobile mais baixado no Brasil em 2019, além de ser ganhador de mais de 13 prêmios, incluindo o de Melhor Jogo do Ano.   

Para mais informações sobre a Garena, visite https://www.garena.sg

  

Sobre a CUFA 

A CUFA (Central Única das Favelas) é uma organização brasileira reconhecida nacional e internacionalmente nos âmbitos político, social, esportivo e cultural que existe há 20 anos. Foi criada a partir da união entre jovens de várias favelas, principalmente negros, que buscavam espaços para expressarem suas atitudes, questionamentos ou, simplesmente, sua vontade de viver.    

Presente nos 26 estados e no Distrito Federal, além de outros países, as atividades recentes mais impactantes da instituição são a Taça das Favelas, maior campeonato de futebol entre favelas do mundo, que agora entra no mundo do e-sports, e, durante a pandemia, o CUFA Contra o Vírus e o Mães da Favela, que ajudaram milhões de famílias das favelas brasileiras a superarem o período de isolamento social.   

A CUFA ainda promove atividades nas áreas da educação, lazer, esportes, cultura e cidadania, que servem como ferramentas de integração e inclusão social.   

Maiores informações em cufa.org.br 

 

Sobre os eSports na Globo  

Desde 2017, a Globo investe em games e eSports com múltiplas iniciativas em conteúdo, cobertura e transmissões, reality shows, plataforma gamer e co-produção de ligas e eventos. O SporTV reúne as transmissões dos principais campeonatos brasileiros e mundiais, em modalidades como League of Legends, Counter Strike, Free Fire, Rainbow 6 Siege, FIFA e Pro Evolution Soccer. No GE, a editoria de eSports cobre os principais torneios, organizações, times e ídolos. Produz também o canal e-SporTV no Youtube, com conteúdos dedicados ao tema e organiza em parceria eventos como o Prêmio eSports Brasil, que reconhece e celebra os profissionais da indústria; e a Game XP, primeiro game park do mundo com 100 mil visitantes por edição. Atua ainda na organização de ligas amadoras, através da Player 1, plataforma de match making e team making; e em ligas profissionais, através da LnK Gaming.  

   

Sobre a Taça das Favelas 

A Taça das Favelas é maior campeonato de futebol entre favelas do mundo. Criada e realizada pela CUFA e produzida pela InFavela, a Taça foi disputada pela primeira vez no Rio de Janeiro, há 8 anos, e depois se expandiu por vários estados ao longo desse período. Tendo o seu ápice no dia 1º de junho com as finais da Taça das Favelas São Paulo, onde aproximadamente 40 mil pessoas assistiram aos jogos no Pacaembu, que tiveram transmissão ao vivo em TV aberta.   

Além do futebol, a organização da Taça das Favelas se preocupa com a formação educacional e social dos técnicos e jogadores e oferece a eles workshops que vão desde educação financeira a cuidados com alimentação.   

 

Em 2020, a Taça expande seus horizontes e entra no mercado dos e-sports em parceria com a Garena, lançando a Taça das Favelas Free Fire. No futebol, a Taça das Favelas também inova, e, em 2021, terá a primeira edição do seu grande campeonato nacional.