Home > Meninas do Rio e garotos de São Paulo vencem o primeiro Favelão

Meninas do Rio e garotos de São Paulo vencem o primeiro Favelão

Na feminina, Rio venceu São Paulo. Entre os garotos, os paulistas venceram a Seleção de Goiás

Rio venceu São Paulo. Já na final masculina, os paulistas venceram a Seleção de Goiás, nos pênaltis, diante de mais de 20 mil pessoas, na Arena Barueri

Sobrou emoção nas finais da primeira edição da Taça das Favelas Nacional, o Favelão 2022, neste sábado, 19 de novembro, na Arena Barueri, em São Paulo, com transmissão ao vivo da TV Globo, em ambas as partidas.

No feminino, as cariocas surpreenderam as donas da casa, vencendo por 1 a 0 e se tornando e dando o primeiro título nacional do maior campeonato de futebol entre favelas do mundo, ao estado precursor do projeto.

Se para São Paulo, a decisão feminina foi de tristeza, a masculina reservou tensão e festa para os paulistas, que venceram Goiás nos pênaltis.

“Foi uma entrega perfeita! Todos estão de parabéns e coroamos um longo trabalho com mais de 20 mil pessoas, em Barueri”, comemorou Celso Athayde, idealizador da Taça das Favelas.

No primeiro jogo do dia, paulistas e cariocas fizeram um jogo muito equilibrado. Quando São Paulo jogava melhor no primeiro tempo, Tuani, a Tuti, atacante do Rio fez um golaço, garantindo o troféu Marina Soares Athayde, nome da Taça dada à campeã do torneio feminino do Favelão, para o Rio de Janeiro.

“Foi uma emoção muito grande fazer esse gol aqui, em Barueri, e poder contribuir com o título nacional do meu estado”, afirmou Tuani.

Na final masculina, mais emoção. Os meninos de São Paulo e Goiãs deixaram tudo dentro de campo em busca do Troféu Jair da Matta, nome dado à Taça entregue à campeã masculina.

Mesmo com muita raça e entrega, o zero não saiu do placar e a decisão foi para os pênaltis. Foi a hora de brilhar a estrela do goleiro Miqueias que pegou um pênalti e colocou São Paulo na frente. Na última cobrança, coube ao camisa 10 Danilinho bater e dar o título aos paulistas, para explodir a Arena Barueri.

“Quando foi para os pênaltis, eu tinha quase certeza que ia conseguir pegar um. E ainda bem que foi logo no início da disputa, para que meus outros companheiros tivessem tranquilidade para baterem e a gente conseguir esse título”, disse o goleiro Miqueias.

A Taça das Favelas Nacional 2022 contou com patrocínio master de Uber, Friboi, Vale e Camil, patrocínio de Bet Nacional, Vai Voando, EMS, Assaí e Pepsico e da Centauro, apoio do Sheraton, do WTC, da Gol, da R1, da Prefeitura de São Paulo, do Governo de São Paulo, da Secretária do Esporte de São Paulo, da Secretária da Cultura de São Paulo, da Secretária de Esporte de Barueri e da Prefeitura de Barueri, cooperação da Unesco, promoção da TV Globo, do Jornal Empoderado, da FM O Dia e da Transcontinental.

Confira os resultados das grandes finais:

Rio de Janeiro 1 x 0 São Paulo – feminino
São Paulo 0 (5) x (4) Goiás – masculino

Gostou da Ação?

Então faça sua parte e contribua

Clique aqui para doar!

Destaques

Nossos Principais Projetos

Mais de 1000 projetos desenvolvidos em todos os estados do país

Ver todos os projetos